O que é Design Inteligente 

e qual sua relação com o Sound Healing?

PRIMEIRAMENTE

Seja bem-vindo

Gostaria de agradecer por ter chego até aqui. Não foi por acaso. Inclusive, esse tema do acaso é um belo ponto de partida para explicar como a Eleva Terapias Vibracionais se posiciona em relação ao mundo e ao paradigma do bem-estar & saúde. Acredito, vivo e incentivo o fenômeno descrito por Carl Gustav Jung sob a alcunha de Sincronicidade. Com certeza se você é um buscador da verdade e do autoconhecimento já ouviu falar muito em sincronicidade e sua influência em nossas vidas. O artigo que você está prestes a ler é obra da sincronicidade agindo em sua vida e as informações contidas irão abrir sua mente para novas possibilidades de se buscar auto-conhecimento, cura e harmonização.

O vídeo acima pequena reportagem sobre o Design Inteligente veiculada da TV Record, em horário nobre, no programa Domingo Espetacular do dia 14/05/2017. O temas e conceitos abordados na matéria formam as bases científicas do trabalho terapêutico realizado com a Terapia Sound Healing pela Eleva Terapias Vibracionais .

Cada Tigela de Cristal de Quartzo está precisamente afinada numa escala musical conhecida como Espiral das Quintas descoberta por Pitágoras. Esse grande mestre grego construiu a ponte entre a matemática e a música, notas musicais e seus intervalos. Esses dois universos estão intimamente relacionados, de forma que pode-se afirmar que cada frequência dessa escala musical é a manifestação audível das proporções harmônicas presentes nas razões matemáticas que formam a espiral do Número Dourado (Phi).

Por esse motivo, como foi demostrado na matéria por cientistas, físicos, médicos e matemáticos, o ser humano é absolutamente formado por essas mesmas razões matemáticas (ver estudo do Homem Vitruviano de Da Vinci). Isso quer dizer que se a pessoa estiver desarmonizada (desafinada, o que irá impactar de forma sistêmica dos corpos mais sutis até o físico), ao ser exposta aos sons, frequências e intervalos produzidos pelas tigelas de quartzo, o corpo da pessoa será convidado pelas vibrações a entrar em ressonância com estas frequências mais harmônicas.

 

Essa força ressonante é conhecida em física por Efeito de Entrainment e acontece a todo momento em nosso cérebro. Através do som é possível induzir ondas cerebrais do tipo gamma, beta, alpha, theta e delta dependendo da anamnese e objetivos a serem alcançados.

Nos seres humanos, a presença de 70% de água mais 20% de estruturas cristalinas (como nossos ossos feito de hidroxiapatita), significa dizer que somos seres bioressonantes, ótimos condutores de energia sonora e eletromagnética. No ar, o som viaja à 345 m/s, na água 4 vezes mais rápido e nos ossos 35 vezes mais. Usando uma analogia, somos rochas em direção ao estado cristalino. Manifestar o Cristo Cósmico significa tornar-se transparente, translúcido o suficiente para que a luz não ache qualquer resistência e flua em toda sua potência.


Ao tocar os instrumentos sobre a pessoa o som irá viajar de três formas diferentes: será captado pelo aparelho auditivo e através do efeito de "bone conduction", convertido de onda mecânica para pulso elétrico que é a linguagem do cérebro: eletromagnetismo. Essa transformação acontece porque nosso ouvido e toda malha óssea possui propriedades piezoelétricas assim como a sílica conhecida como cristal de quartzo. Além dos ouvidos, a vibração irá impactar as moléculas de água em nossas células e todo sistema ósseo. O som é uma onda mecânica, mas através das tigelas de quartzo, parte da energia é convertida em ondas eletromagnéticas que são captadas pela malha nervosa óssea e pela organela, até pouco desconhecida, chamada “primary cilium” (ver pesquisas 1 e 2) que é um sensor capaz de decodificar movimento, luz, calor e outras formas de energia.

O resultado disso irá reverberar desde sua estrutura molecular, tanto do DNA quanto das moléculas de água, mas também na sua frequência cardíaca (ver estudo sobre coerência cardíaca), ondas cerebrais equilibrando os hemisférios (ver estudos sobre neurofeedback), sistema imunológico com a liberação de indicadores como a interleucina 2, imunoglobulinas, sistema endócrino e nervoso central com liberação de hormônios benéficos – endorfinas que são analgésicos naturais e agente diretamente sobre males relacionados as dores crônicas, serotonina, ocitocina e um gás altamente benéfico ao sistema cardiovascular chamado óxido nítrico – que combatem agentes depressores da imunidade como o ACTH (adrenocorticotrófico), cortisol e adrenalina.

De 60% à 80% das doenças estão relacionadas à fatores estressores segundo a Associação Americana de Medicina. E 50% das doenças autoimunes possuem "causas desconhecidas". Logo, qualquer atividade que diminua o impacto de hormônios estressores irá beneficiar a saúde. No Brasil as doenças cardiovasculares são as maiores causas de morte no país, são mais de 300 mil casos de enfartes por ano, sendo que 30% são fatais. A Terapia Sound Healing, que é uma abordagem de autoconhecimento também, busca suscitar esse relaxamento profundo não só no campo físico, mas de forma integral, já que estados estressores afetam diretamente os estados emocionais e psicológicos.

Ao longo da terapia a pessoa vai reaprendendo a relaxar, a escutar o próprio corpo começando pelo fluxo respiratório e batimento cardíaco, a se relacionar com o silêncio, a desenvolver ferramentas internas que aumente sua resiliência a fatores estressores através de estratégicas de “copying”, por exemplo, a meditação e entoação de sons específicos. Acontece uma abertura na consciência que melhora a percepção dos estados emocionais e mentais ruidosos permitindo que a pessoa possa “ESCOLHER” (reestruturação neural do circuito amígdala-hipocampo-córtex-pré-frontal) como agir, ao invés de reagir a determinada situação ou estímulo estressor.

A terapia do som é complementar às práticas da medicina convencional como também das psicoterapias. É essencialmente uma "Terapia da Escuta”, que irá refinar o senso auditivo tanto de forma externa, como demostrado pelo Dr. Tomatis em seu revolucionário método, mas também na escuta interna abrindo um campo para que a pessoa possa estabelecer um diálogo consigo mesma em um nível mais profundo e não-mental. Ao longo do tempo a pessoa vai substituindo aquela voz interna mais crítica, auto-julgadora, por vezes sarcástica e até violenta, por uma outra voz, uma fala muito mais compassiva, acolhedora, sábia e amorosa. Começa a brotar um real olhar empático para si próprio gerando muito mais gentileza com os próprios processos.

Por si só isso já é terapêutico, e irei explicar o porquê. No ocidente a valorização da fala é hipertrofiada, ou seja, quem tem essa qualidade de uma fala envolvente, articulada e eloquente, é reconhecida como uma pessoa de sucesso, que detém certo poder de influência. Já no oriente, o silêncio, a solidão (ou solitude), e a escuta recebem grande reconhecimento como qualidades fundamentais ao processo de amadurecimento de ser humano. A partir dessa polarização, nós os ocidentais, deixamos de lado a escuta ativa, atenciosa, sem os ruídos ansiosos da mente. Quando uma pessoa não consegue se escutar, ou porque não aprendeu ou porque desaprendeu, ela não conseguirá abrir a escuta para o outro, o não-eu, o interlocutor. Quando não escutamos o outro, não vemos esse outro. O que aparece em nossa frente é apenas uma projeção dos estados mentais e fantasiosos em relação à pessoa. Se não somos capazes de ver e reconhecer o outro na sua máxima inteireza (sem a presença dos julgamentos) não poderá haver comunicação. Não há relação, ela está impedida, estamos ilhados no ego. E sem relações, o profundo sentido de Ser Humano não se completa. Carregaremos o vazio da solidão e da incompreensão. Logo, se vê a importância de aprendermos a escutar, ao outro e a nós, um exercício de "mindful listening" como é conhecido nos EUA. É um auscultar que ativa não apenas a mente, mas todas nossas inteligências instintivas, intelectuais e intuitivas.

O trabalho realizado pelo Projeto Eleva Sound Healing é fruto de anos de estudo e pesquisas, das formações sobre em Terapia Sound Healing e da prática de meditação diária, por onde chegam as ideias e insights que pedem passagem para serem concretizados no reino da matéria. É um trabalho de ressonâncias, e portanto, pode ser entendido como um chamado. As pessoas que se afinam e entram em ressonância com a egrégora do trabalho, e sentem-se atraídas, essas chegam até o espaço para receber aquilo que é de seu merecimento, dependendo do quantum de abertura que ela mesma dá a si para que a harmonização acontece em sua vida.

Se você, após ler esse artigo, sentiu esse chamado, entre em contato pelo telefone 11 996778728 para agendar uma sessão. Se ficou alguma dúvida sobre o processo me escreva no email queromecuidar@elevaterapia.com.br que terei grande prazer em responder.

Os atendimentos individuais com 2h acontecem de segunda à sábado na região do Morumbi em São Paulo. Se dê esse autocuidado de presente, você merece!

Mais matérias na página do FACEBOOK

A Eleva deseja a todos vocês uma ótima viagem!
A serviço da Beleza…
Shanti OM

queromecuidar@elevaterapia.com.br | agendamentos 11 99677 8728
A SERVIÇO DA BELEZA...
SHANTI OM
  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon